Fotogramas de um filme


E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito. Romanos 8:28

Quando você diz, "a obra do pintor", não está se referindo a um único quadro. Está falando do conjunto, de tudo o que ele fez, faz e fará. A obra do pintor é tudo aquilo que faz dele um artista singular. O Pintor em minha janela é assim.

Veja apenas os 9 quadros que ele pintou em minha mesma janela e você pode ter uma idéia de sua criatividade. A janela é a mesma, o ângulo de minha câmera mudou apenas alguns graus, mas existe um quadro para cada gosto — ou para todos os gostos —, um para cada ocasião. Se eu visse um, não veria todos. Se vejo todos, não posso deixar de me maravilhar com um.

Assim é o Pintor em minha janela. Às vezes fico impaciente porque o quadro de hoje não é exatamente como eu esperava. Talvez esteja escuro demais, cinzento, sem definição. Quiçá o de amanhã seja por demais brilhante. Deveria eu julgar o Pintor apenas pelas partículas de sua obra? Deveria me impacientar com suas pinceladas momentâneas?

Cada quadro seu é apenas um fotograma de um filme com a extensão da eternidade. Olhar um é não ver o todo, a obra do Pintor. Uma vez li uma frase engraçada: "No fim tudo dá certo. Se ainda não deu certo é porque não chegou no fim."

Hoje posso me maravilhar ou ficar decepcionado com o quadro atual, mas quem disse que o Pintor em minha janela já guardou suas tintas? Acho que só vou entender realmente a obra do Pintor quando estiver na galeria onde poderei ver "todas as coisas". Então entenderei o conjunto, então darei razão ao Pintor, quando vir toda a sua obra.

Postagens populares