Mais que profeta



HAVENDO Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, a nós falou-nos nestes últimos dias pelo Filho, a quem constituiu herdeiro de tudo, por quem fez também o mundo. O qual, sendo o resplendor da sua glória, e a expressa imagem da sua pessoa, e sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, havendo feito por si mesmo a purificação dos nossos pecados, assentou-se à destra da majestade nas alturas; Feito tanto mais excelente do que os anjos, quanto herdou mais excelente nome do que eles.


Hoje o Pintor deixou um quadro estranho, um quadro de trevas. Nada pode ser visto de sua obra e o pouco que poderia ser percebido está distorcido pelo vidro canelado de minha janela, uma lente que borra qualquer imagem, de dia ou de noite.

Este é o tempo em que vivemos: de trevas e de distorção da luz. As manchetes trazem todos os dias notícias de protestos e mortes em razão da publicação de cartoons e charges de Maomé, tido como profeta pelos muçulmanos, cuja religião proíbe sua representação na forma de desenho e ainda de uma maneira desonrosa.

Qual a resposta do ocidente, daqueles que receberam uma herança judaico-cristã? Alguns jornais e revistas decidiram publicar novamente os cartoons, porém, para mostrar que desfrutam de liberdade de expressão, publicam também cartoons e charges de Jesus. É como se dissessem: "Vejam, nós não respeitamos nada nem ninguém! Estamos brincando também com o líder máximo da religião cristã!"

A ofensa causada aos muçulmanos incitou à ira mais de um bilhão de seguidores daquela religião em todo o planeta. As conseqüências são atos de violência praticados por homens. Que conseqüências terão as zombarias feitas contra Jesus, o Filho de Deus?

Não estou falando de passeatas, bombas ou atos de violência praticados por homens. Não creio que a cristandade reaja da mesma forma quando vê Jesus sendo objeto de zombaria, porque está acostumada com isso que é praticado há séculos. É certo que ninguém sairá em defesa dele de armas em punho. Poucos talvez o façam de forma muito tímida, porque a zombaria se tornou habitual.

Mas será que os que zombam de Jesus sabem de quem estão zombando? "O resplendor da sua (de Deus) glória, e a expressa imagem da sua (de Deus) pessoa".

Postagens populares