O sol brilha ou nao?



O povo, que estava assentado em trevas, viu uma grande luz; e, aos que estavam assentados na região e sombra da morte, a luz raiou. Mateus 4:16

A luz que entra em meu escritório pela janela vem do sol. À noite não vejo o sol ou sua luz, mas sei que está lá. É um fato. O que faz do cristianismo uma religião singular é que ela é baseada em um fato: Jesus morreu para pagar meus pecados e ressuscitou para me justificar.

As religiões são baseadas em preceitos, leis, regras, idéias, exercícios, mentalizações ou aprendizados. Se você estudar bastante e aprender, se fizer isso ou aquilo, se cumprir essa ou aquela regra, exercitar-se assim ou assado, ou até mesmo reencarnar, talvez tenha alguma esperança. Todas elas se baseiam em você fazer algo. O cristianismo não.

As últimas palavras de Buda foram: "Continuem se esforçando". As últimas palavras de Jesus foram: "Está consumado". A salvação vem apenas pela fé em um fato: Jesus morreu. Preciso crer nesta história ou fato se quiser ser salvo, e a Bíblia, ainda que recheada de outras histórias, aponta sempre para Jesus e Sua obra:
  • Do lado aberto de Adão Deus extraiu a costela da qual formou sua esposa. Do lado aberto de Jesus saíram o sangue e a água que expiaram o pecado e purificaram uma esposa (a Igreja) para si.
  • Um animal foi sacrificado no Éden para cobrir com sua pele a nudez de Adão e Eva. Jesus foi sacrificado na cruz para cobrir o pecado do homem.
  • Enquanto Caim tentava agradar a Deus com o fruto de seu trabalho, Abel sacrificou um animal inocente e conquistou o agrado de Deus. Jesus, o Cordeiro de Deus, foi o único sacrifício que poderia agradar a Deus.
  • Enquanto Deus destruía o mundo com um dilúvio, uma arca preservava Noé e sua família da morte. A arca é uma figura de Cristo, que nos livra da ira futura.
  • Abraão subiu o monte acompanhado de seu filho Isaque, o qual levava nas costas a lenha do holocausto de si mesmo. Jesus foi ao monte calvário carregando sua cruz de madeira sobre a qual seria oferecido em sacrifício a Deus.
  • José, o filho preferido de seu pai Jacó, foi vendido por seus irmãos, dado como morto, e ressurgiu no Egito para salvar seu povo. O Filho de Deus, Jesus, foi traído por seus irmãos judeus, morreu e ressuscitou para estabelecer seu Reino futuro.
  • Jonas, para salvar os marinheiros da morte, assumiu sua culpa e deixou-se lançar ao mar, ficando três dias e três noites preso no ventre do grande peixe. Jesus, ao assumir a culpa por nossos pecados, foi lançado na morte e seu corpo ficou três dias e três noites no seio da terra antes de ressuscitar. 
  • Moisés foi lançado nas águas da morte quando bebê para ressurgir mais tarde como libertador de seu povo. Jesus morreu por nossos pecados e ressuscitou para nossa justificação.
  • O cordeiro que foi morto e cujo sangue foi passado nas obreiras das portas dos israelitas no Egito para livrá-los do castigo divino é figura do Cordeiro de Deus, cujo sangue garante a libertação de nossos pecados.
  • O pequeno e indefeso Davi venceu o gigante Golias e libertou Israel dos filisteus. O fraco e abatido Jesus com sua morte venceu Satanás e libertou todos os que estavam presos pelo diabo.
  • ...
Os exemplos são inúmeros. A Bíblia inteira fala de Jesus, explicitamente ou em figura, porque é a fé neste fato - Jesus - que salva, e não o aprendizado, a sabedoria ou a prática de preceitos. Os evangelhos são tão ricos que resolvi comentá-los em vídeos de 3 minutos. Se você está em trevas e quer ver a luz, olhe para Jesus. Você não precisa saber mais do que isto: Ele morreu por você.


Postagens populares