Uma galeria de arte para chamar de minha


https://youtu.be/B_B5IeBnF08

Uma galeria de arte para chamar de minha


“Os céus proclamam a glória de Deus e o firmamento as obras de suas mãos... por toda a Terra se faz ouvir a sua voz, e as suas palavras até aos confins do mundo.” Salmos 19:1 e 4
Um dia descobri que havia um Pintor que todos os dias expunha em minha janela uma obra de seu infinito acervo; um quadro novo e pronto só para me surpreender. O curioso é que eu já tinha olhado tantas vezes pela mesma janela e nunca tinha reparado na galeria que existia ali. Já fazia tempo que conhecia esse Pintor, e conhecia algumas de suas obras de arte aqui, ali e acolá, mas nunca tinha prestado atenção na galeria particular que havia em minha janela.
Hoje, por exemplo, no quadro que ele pendurou em minha janela vejo a silhueta negra dos prédios de minha cidade recortando um céu de amanhecer num dégradé que vai do azul profundo ao amarelo alaranjado. Daqui a pouco o sol se levantará com todo o seu fulgor e a pintura será outra, desaparecendo os pontilhados brancos de luz nas janelas dos apartamentos onde habitam pessoas que começam a acordar. Será que elas irão reparar no Pintor em suas janelas ou este privilégio neste momento é só meu?
O Pintor em minha janela é extremamente criativo e nunca vi dois quadros iguais. Suas pinturas são dinâmicas — você olha e enxerga uma coisa; olha de novo e vê outra coisa. É incrível a capacidade que ele tem de combinar as cores, de criar novos matizes, de surpreender com a graça e leveza de seus pincéis.
Às vezes ele usa o pincel de bondade, outra vez prefere o de misericórdia com toques de graça, mas sempre tem à mão seu pincel de disciplina para as cores mais fortes e pinceladas mais vigorosas. Como acontece quando vemos um artista pintando, a princípio o quadro não parece fazer muito sentido, mas é só quando a obra é completada que percebemos que cada pincelada tinha sua função. Artistas medíocres usam um mesmo pincel e uma mesma pincelada para tudo. O Pintor em minha janela não é assim.
É realmente um privilégio ter um Pintor assim em minha janela, com quem também converso todas as manhãs. Ele também fala comigo, como sempre falou com todas as pessoas, mas nem todas estão atentas ao que ele quer dizer. No início ele falava apenas por meio de sua Criação, pois... “os céus proclamam a glória de Deus e o firmamento as obras de suas mãos... por toda a Terra se faz ouvir a sua voz, e as suas palavras até aos confins do mundo.” (Salmos 19:1, 4). Mas depois de conhecê-lo melhor aprendi a ouvir sua voz vinda diretamente de sua Palavra, a Bíblia.
Alguma vez você viu um quadro do Pintor em sua janela? Dê uma olhada. Se ele tiver colocado um quadro lá converse com ele também. O que dizer? Ora, diga que gostou da pintura e quer conhecê-lo pessoalmente. Eu o conheci quando minha vida era uma tela nem um pouco branca, mas preta e suja. Foi ele quem a limpou e preparou para pintar as muitas cenas de minha vida, daqui à eternidade. Hoje consigo enxergar além da tela desta vida para o cenário que ele reservou para mim no céu. É lá que mora o Pintor em minha janela. É lá que eu também vou morar.


Um Pintor em minha janela - Minha vida morando em uma galeria de arte - Mario Persona
Um dia percebi que havia Um Pintor em minha janela, colocando sempre ali um novo quadro e renovando sua pintura a cada manhã, tarde ou noite. Um dia de cada vez ele ia mostrando a sua arte e talento para enfeitar o céu. Neste livro reúno meus pensamentos sobre cada quadro que via em minha janela. Um dia de cada vez, um quadro de cada vez. É no mesmo compasso que ele cuida de mim, de dia em dia, e é assim também que ele quer cuidar de você.
Livro: ClubedeAutores.com.br

e-Book: Smashwords.com
AcervoDigitalCristao.com.br

Postagens populares